Omelete com Ervas e Champignon

Uma das comidas mais fáceis de se fazer, depois de pipoca e miojo, é a Omelete.
E o legal dela é que você pode dar uma incrementada no recheio e fazer com que ela vire um prato mais sofisticado. A imaginação é o limite pro recheio, então, não tenha receio, e invente algum do seu jeito.

Essa daqui é uma que eu gosto de fazer, é simples, e não precisa de muito complemento não. Uma salada, um arroz pra quem gosta, e a refeição está completa.

Ingredientes pra "massa"
- 3 ou 4 ovos
- sal e pimenta a gosto (eu uso uma colher (chá, rasa) de sal e uma pitada de pimenta do reino)
- 2 colheres (sopa, cheia) de salsa picada
- 1 ramo pequeno de estragão picado (Não sabe o que é estragão? Faça amizade no supermercado ou na feira e pergunte! Quem tem boca vai à Roma, come bem e volta pra contar!)
- 1 colher (sopa, cheia) de cebolinha picada
- 1 colher (sopa, cheia) de manteiga ou margarina, para fritar

Ingredientes pro recheio
- 3 colheres de sopa de champignons fatiados
- 2 colheres (chá, cheia) de manteiga ou margarina
- 2 ou 3 fatias de mussarela, prato ou outro queijo que seja fácil de derreter
- queijo parmesão ralado (ralado na hora é melhor, mas como ninguém tem tempo, pode ser o de pacote. Mas não diga que eu não avisei que o ralado na hora é melhor!)

Como faz?
Aqueça uma frigideira ou panela pequena, coloque a manteiga e refogue ligeiramente os champignons fatiados. Coloque uma pitada de sal se preferir o gosto mais salgado, mas só uma pitada. Deixe de lado em uma vasilha e comece a fazer a omelete.
Bata os ovos com um garfo (quem é mais experiente usa dois garfos) pra misturar bem as claras e as gemas. Acrescente o sal, a pimenta e as ervas picadas. Misture bem.
Coloque a frigideira no fogo (pode ser aquela que você usou pros champignons, derreta a manteiga ou margarina, e então despeje a mistura de ovos de uma vez.
Deixe cozinhar um pouco e quando começar a ficar firme, levante as bordas pro ovo ainda líquido do centro descer e alcançar o fundo da frigideira (ou incline-a).
Com a parte superior ainda úmida, mas sem "poças" de ovo, distribua o recheio no centro. Cubra com as fatias de queijo, salpique parmesão ralado. Desligue o fogo.

Agora vem uma parte delicada: retirar a omelete pra servir. No começo você vai quebrar e rasgar, e vai servir quase um ovo mexido com recheio ou uma omelete co cara de sapo atropelado, mas com o tempo e prática você pega o jeito pra servir uma omelete com cara de propaganda de TV.
Incline a frigideira, e dê algumas batidinhas no cabo pra omelete escorregar pro prato. Quando metade já estiver no prato, sirva o que resta sobre a que já está acomodada, dobrando a omelete ao meio, com cuidado.
Não demore. Seja rápido pra que o calor da omelete termine de derreter o queijo.

Um vinho acompanha bem, ainda mais com esse clima mais frio.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pesto de Manjericão com Amendoim

Espaguete à Carbonara (de verdade)

Macarrão com Alcachofra