Mignon com crosta de castanha-do-pará


Esse eu fiquei de trazer aqui antes e já deu até tempo de fazer mais vezes pra acertar melhor a receita.

Se você gosta de castanha-do-Pará com pratos salgados, esse prato é para você!

E adivinha: claro que é fácil!

Ele aguenta firme pra ser prato principal e pode ser acompanhado de coisas simples como arroz e salada, ou um outro prato com sabor mais acentuado, como o rigatoni ao molho de gorgonzola que eu mostrei aqui outro dia. Serve bem 4 pessoas, mas é só você ajustar para quantas pessoas quiser.

Vamos pra cozinha fazer, vem!

Ingredientes
- 8 medalhões de mignon
- 1 xícara de castanha-do-pará moída grossa no liquidificador
- 1 xícara de farinha de rosca
- 1 colher de sopa de alecrim (fresco ou seco)
- 1 colher de cebolinha (fresca ou seca)
- 1 colher de salsinha (fresca ou seca)
- azeite de oliva
- sal
- pimenta do reino

- Para os medalhões, use uma peça de 1,0 a 1,5 kg de mignon e corte em medalhões de mais ou menos 2 dedos de espessura;
- Para os temperos, lembre que os frescos sempre tem mais sabor do que os secos;
- E para a farinha de rosca, você pode fazê-la em casa mesmo, usando pães amanhecidos ou torradas que sobraram. Torre tudo no forno e moa no liquidificador. Além de mais barato, é um uso inteligente das sobras. ;)

Como faz?
Pra começar, despeje um pouco de azeite de oliva em um prato e passe os medalhões por ele, lambuzando bem todos os lados. Tempere-os com sal e pimenta nos dois lados, e deixe neste prato.

Coloque as castanhas-do-Pará no liquidificador e vá moendo até conseguir uma farofa grossa. Acrescente a farinha de rosca, o alecrim, a salsinha e a cebolinha e bata rapidamente para misturar até conseguir uma farofa homogênea. Não bata muito para não ficar uma farofa muito fina.

Mais ou menos neste ponto, acenda o forno em fogo baixo para pré-aquecer o forno.

Para que a carne fique suculenta sem perde líquido enquanto assa, é preciso "selar" os medalhões. Aqueça uma frigideira e frite os medalhões, dois a dois, ou a cada três, para não apertá-los. Preste atenção para regular o ponto deles, pois o prato ainda vai ao forno e é lá que ele ficará no ponto final que o comensal deseja.
Quando estiverem "selados", passe-os na farofa de castanha-do-Pará e vá dispondo todos em uma assadeira grande o suficiente para acomodar tudo.
Coloque mais uma camada de farofa sobre eles e leve para assar no forno pré-aquecido (lembra que você acendeu um pouco antes?)

Vá acompanhando enquanto assa, e quando ficar dourado e a cozinha começar a cheirar bem, abra, confira, retire e sirva! Isso leva de 20 minutos a meia hora.

Bom apetite! A gente se vê na cozinha.

Dica: o ponto da carne vai acontecer no forno, por isso fique de olho quando for dourar os medalhões. Se você gosta de bem passado, retire da frigideira quando estiver ao ponto. Se gosta de carne ao ponto, retire da frigideira um ponto antes. E se vai de mal passado, passe a carne rapidamente pela frigideira, só para selar a parte mais externa dela e manter o "suco" lá dentro.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pesto de Manjericão com Amendoim

Espaguete à Carbonara (de verdade)

Macarrão com Alcachofra